Justiça decidirá na quarta-feira se acusado de matar Luanna Alverga irá a júri popular - Portal Cabuloso

Últimas Notícias

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Justiça decidirá na quarta-feira se acusado de matar Luanna Alverga irá a júri popular

A Justiça da Paraíba decidirá, até a quarta-feira (17), se o jovem Yuri Ramos Coutinho Nóbrega vai a júri popular. Ele é acusado de ter assassinado a namorada Luanna Alverga com um tiro na cabeça no dia do próprio aniversário, em 23 de julho de 2017, em uma festa na casa do tio, no bairro do Roger, em João Pessoa.

Na época, Yuri alegou que estava mostrando a arma à namorada e houve um disparo acidental. Ele foi submetido a audiência de custódia e preso preventivamente no Presídio do Roger.

No final do ano passado, em meados de dezembro, houve a primeira audiência de instrução do caso, para coleta de depoimentos do acusado e de testemunhas. A segunda audiência aconteceu somente nesta sexta-feira (12), cinco meses depois, porque uma testemunha não compareceu à sessão realizada em 2018.

Yuri Ramos está em liberdade desde que a prisão preventiva foi revogada em agosto de 2017.

O tio de Yuri, dono da casa onde acontecia a festa na qual Luanna foi morta, também foi processado e deve responder por posse e porte ilegal de arma de fogo. Hoje, o advogado de defesa dele pediu que o processo fosse destacado da ação contra Yuri, o que foi aceito pela Justiça.

Na audiência desta sexta-feira, foram ouvidas três testemunhas de defesa: a mãe de Yuri, o tio dono da casa e da arma e uma ex-namorada desse tio de Yuri. Agora, a família de Luanna aguarda o resultado da análise judicial sobre o destino do processo, para saber se Yuri Ramos será levado a júri popular.

Com clickpb

Nenhum comentário: