Grávida é agredida e expulsa de culto da Assembleia de Deus no RN - Portal Cabuloso

Breaking

Breaking News


domingo, 30 de dezembro de 2018

Grávida é agredida e expulsa de culto da Assembleia de Deus no RN

O templo central da igreja evangélica Assembleia de Deus em Natal, no Rio Grande do Norte, foi palco de uma confusão generalizada, que culminou com uma grávida agredida, segundo ela, com socos na barriga.

A confusão começou depois que Juliana Silva, entrou no templo aos gritos, e fazendo graves acusações contra o pastor José Amadeu, que teria lhe assediado no passado.

Enquanto Juliana gritava palavras de repúdio contra a liderança da igreja, por ainda manter Amadeu  no altar, o esposo dela, que não foi identificado, filmou toda a ação.

Em poucos instantes alguns obreiros agiram, tentando calar a mulher, e foi ai que a confusão começou. Várias pessoas se envolveram no empurra-empurra, e Juliana acabou recebendo alguns empurrões, segundo ela.

Por fim, o imbroglio foi parar na Terceira Delegacia de Polícia, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência, e Juliana foi levada para realizar um exame de corpo de delito.




Nenhum comentário:

Postar um comentário