Manoel Junior se queixa de ter recebido um terço do valor do fundo partidário repassado a Leonardo Gadelha - Portal Cabuloso

Breaking

Video of the Day


quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Manoel Junior se queixa de ter recebido um terço do valor do fundo partidário repassado a Leonardo Gadelha

O candidato a deputado federal, o vice-prefeito Manoel Junior, recebeu menos de um terço do valor do fundo partidário liberado pelo diretório nacional do PSC para o candidato Leonardo Gadellha, que concorre ao mesmo cargo. Enquanto a direção nacional do PSC destinou apenas R$ 300 mil para a campanha de Manoel Junior, a legenda repassou ao candidato Leonardo Gadelha um montante de R$ 950.000,00. 
A discrepância foi objeto de reclamação de Manoel Junior à direção. "O meu partido, o PSC, remeteu uma quantia três vezes maior para o candidato Leonardo, do que para mim. Mas, obviamente, não será isso que irá baixar o meu nível de relação com o partido e, muito menos, vai me fazer desestimular", disse o candidato, que ainda assim, não ficou satisfeito. "Reclamei, claro, porque, se um tem R$ 950 e o outro tem R$ 300, eu tinha que reclamar, não tem como não reclamar", disse Manoel Junior, nesta quarta-feira (05), durante entrevista coletiva à imprensa, na Associação Paraibana de Imprensa (API).      
Apesar disso e de não ter conseguido ser candidato ao Senado, Manoel Junior disse não estar arrependido de ter deixado o MDB para se filiar ao PSC. "Não, eu acho que foi um momento político, a nossa mudança de partido abriu novas perspectivas, se eu tivesse no MDB, talvez não tivesse a oportunidade de ser pré-candidato ao Senado Federal, e eu tive no PSC a possibilidade", disse Manoel Junior, que acusa o bloco do candidato de Lucélio de tê-lo preterido duas vezes como postulante a senador.   
Do total das receitas arrecadadas por Manoel Junior, dos R$ 300 mil repassados pelo PSC, ele gastou apenas R$ 40.000,00, destinados a publicidade por materiais impressos, segundo dados declarados à Justiça Eleitoral. 
Já Leonardo Gadelha, além dos R$ 950 mil do diretório, já soma uma receita de R$ 1.157.000,00, sendo a maior doação, no valor de R$ 200.000,00, feita por Dalton Gadelha. Ainda não constam despesas realizadas com esses recursos, no sistema do TSE (http://divulgacandcontas.tse.jus.br). 
Clickpb

Nenhum comentário:

Postar um comentário