Paraibana participa de projeto 'Meninas da Ciência' em Brasília - Portal Cabuloso

Breaking

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Paraibana participa de projeto 'Meninas da Ciência' em Brasília

Produzir protótipos de experimentos ou equipamentos que poderão ser utilizados em aulas do ensino médio, nas disciplinas de Matemática, Física, Química e Biologia. Esse será o desafio de 41 alunas de cursos técnicos e superiores de todo o Brasil. Elas estarão reunidas no Desafio de Projetos “Meninas na Ciência”, que acontecerá de 7 a 11 de agosto, dentro do ConectaIF 2018, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília.
As estudantes têm entre 17 e 26 anos de idade e vêm de todo o país. A representante do Instituto Federal da Paraíba é a estudante Mayra Amaral de Miranda Cunha, do Curso Técnico de Eletrônica, do Campus João Pessoa.
As meninas serão divididas em quatro equipes, representando os conteúdos de Matemática, Física, Química e Biologia. O objetivo do Desafio de Projetos é que ao final as estudantes tenham produzido um ou mais protótipos de experimentos ou equipamentos para utilização em laboratórios para estudantes do ensino médio.
O Desafio de Projetos não será uma competição. No entanto, a equipe organizadora e os mentores irão selecionar cinco alunas (uma de cada região do país) para voltar a Brasília em outubro para apresentar os resultados do projeto na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que, neste ano, terá como tema “Ciência para redução das desigualdades”.
O ConectaIF é um evento aberto e gratuito, que reúne, em um só local, of­icinas, mostras, , rodas de conversa, protótipos de produtos, arte, cultura, desafi­os, palestras, competições, feiras, exposições e resultados de pesquisas.
A coordenadora do projeto, a pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Brasília (IFB), Luciana Massukado, conta que o Desafio pretende, também, colaborar com três Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis (ODS) da Agenda 2030 estipulada pela ONU e com duas metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que envolvem Educação de Qualidade, Igualdade de Gênero e Redução de Desigualdades.
Para a representante da Paraíba, a importância do projeto está justamente em incentivar o uso da tecnologia como uma ferramenta para auxiliar o processo ensino-aprendizado, além de promover a participação de mulheres em áreas mais técnicas. E segundo Mayra esse tipo de evento é fundamental para motivar as mulheres a ingressarem na ciência. Ela cita como exemplo sua turma de Eletrônica, que no 4º ano é formada por 25 alunos, dos quais apenas cinco são meninas.
"Vai ser uma emoção representar o nosso estado e o IFPB no Desafio de Projetos. E uma honra participar como mulher da área de tecnologia", frisou Mayra.

Clickpb

Nenhum comentário:

Postar um comentário