Ex-BBB Cacau chora ao falar de peso e lipos: 'Medo de admitir fracasso' - Portal Cabuloso

Breaking

Video of the Day


sábado, 25 de agosto de 2018

Ex-BBB Cacau chora ao falar de peso e lipos: 'Medo de admitir fracasso'

Maria Claudia, a Cacau do "BBB 16", fez um desabafo emocionado sobre aceitação de seu corpo em um vídeo em seu canal no YouTube. Ela relembrou algumas fases da vida, sempre com a preocupação de ser aceita pela sua imagem.

"Eu sempre tive compulsões alimentares. Aos 10 anos eu desenvolvi bulimia. Era uma batalha de querer amar meu corpo, mas querer mudá-lo para me adequar. Aos 15, criei esse canal aqui. Aos 19, entrei no reality show mais assistido do Brasil, onde passei três meses expondo esse corpinho lindo. Quando eu saí de lá, me deparei com milhares de pessoas julgando o meu corpo, me cobravam, faziam piada usando meu corpo", lembrou ela.

Cacau revelou pela primeira vez que fez cirurgias em um prazo curto logo após sair do "BBB", só para tentar se adequar ao padrão imposto pela sociedade. "Me submeti à primeira lipoaspiração e coloquei silicone. Falavam que eu continuava magra de lipo, mas feia e gorda nos braços. Minha mudança foi muito rápida, me machucou por fora e por dentro. Nem eu conseguia me enxergar. Isso gerou um monte de paranoia na minha cabeça. O medo de admitir o fracasso de ter engordado de novo depois de uma lipo, me fez me submeter a uma segunda cirurgia. Uma segunda lipoaspiração em menos de seis meses da primeira", contou ela, chorando.

Apesar de estar mais magra, Cacau não estava saudável e nem com a mente tranquila. "Não tive tempo de cuidar do meu corpo, as compulsões continuavam, eu voltei a engordar e eu me pressionava cada vez mais porque as críticas aumentavam", disse.

Depois de engordar e emagrecer e tentar sempre a aprovação das pessoas, Cacau finalmente decidiu se aceitar. "Estou com 90 quilos e um corpão da porra, mas com a saúde em dia. Priorize a mudança de dentro pra fora com sua mente saudável, que qualquer decisão de mudança vai ser mais sustentável. Não é o seu corpo que está errado. Acredita nisso. Não é fácil, é um processo, mas você tem que querer. Se eu pudesse conversar com o meu corpo hoje eu pediria 'desculpas pelo tanto que eu te machuquei'", disse, aos prantos.

ASSISTA



UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário